Welcome to the land of questions

A Arte De Reinventar - Ajuste Suas Antenas

"já me sinto feliz se as palavras tocam ou te fazem pensar nem que seja por 1 segundo apenas, isso mostra que a mensagem foi lançada ao mar numa garrafa e chegou onde deveria chegar no coração de alguém que entendeu essa loucura que é o amor "
"Palavras que queimam na minha boca, Derreterão dentro de seus ouvidos"

sexta-feira, 6 de maio de 2011

This Love (Will Be Your Downfall) (((d-_-b)))

Nós sempre nos beijávamos deitados
Nós sempre nos amamos quando não havia mas ninguém mais por perto
Eu posso ser um elemento ilusório transitório se você me quisesse
Eu não estou sendo incômodo, Eu só gostaria de saber a verdade
Quanto ao porquê de eu esperar por você
Mais do que uma pessoa normal faria
E porque eu penso em você todo maldito-santo dia
Mais do que eu acho que deveria ou mesmo poderia

Nossos corpos se encaixam como um quebra-cabeças
É fácil ver por que eu te adoro meu "quebra-cabeça"
Quando brigávamos mudavamos o jeito de sussurrar nossos nomes
Fazíamos birra e as vezes parecia ser um leve fardo
Mas tudo acabava se ajustando

Porque eu estou justificando o tempo perdido?
Então o que há de novo?

Estamos tão longe da nossa casa
E o que em mim pertence a você agora?
Tentando impressioná-la, mas, Senhor eu não sei como, e alguém ainda sabe?
Eu posso ser uma estátua, você pode fazer bico, se quiser também
Eu não estou sendo difícil e nem você sendo fácil, só preciso da verdade

Quanto ao porquê de eu estar querendo e pensando tanto você
E eu acabaria com isso se eu pudesse
E o porquê de eu ainda estar aqui
É algo que eu mesmo ainda não entendo
Acho que são pelas boas lembranças

Nossas mãos pressionadas juntas, como pedaços de papel
Mas elas estão sempre vazias quando hoje eu seguro sua mão
E dou-lhe um susto quando eu ligo à noite
Porque eu estou tentando ajustar o tempo perdido
E eu estou para você
E eu estou acordando da última noite
E eu estou acordando com-sem você
Então o que há de novo solidão?

É o fim
Não é o fim
então não-ou vamos fingir