Welcome to the land of questions

A Arte De Reinventar - Ajuste Suas Antenas

"já me sinto feliz se as palavras tocam ou te fazem pensar nem que seja por 1 segundo apenas, isso mostra que a mensagem foi lançada ao mar numa garrafa e chegou onde deveria chegar no coração de alguém que entendeu essa loucura que é o amor "
"Palavras que queimam na minha boca, Derreterão dentro de seus ouvidos"

domingo, 27 de abril de 2014

Lindas Pequenas Mentiras (((d-_-b)))

Nós nunca fomos do tipo de casar, oh não
Nós não vamos comprar louça ou luzes de vitrais, oh não,
Para uma mesa onde nunca nos vamos sentar,
Na casa que nunca iriamos ter,

Você não vai acordar e escolher a minha gravata, oh não,
Tu não vais voltar para casa e beijar-me à noite, oh não,
Não vamos deitar-nos nesta cama de casal,
Nos dissemos adeus a tudo que era nós a dizermos o "sim"

Levo estas rosas e estes Djavan,
Encontro um carro onde eu possa levar meus fragmentos de histórias partidas,
Compro um voucher para passar um tempo fora desta cidade
Tudo o que eu preciso, tenho aqui comigo

Todas estas notas e todas estas palavras e alguns comprimidos,
São tudo o que resta em mim,
Páginas e páginas viradas, contam os meus problemas,
Uma última canção para me libertar,

Não há mais muros
Não há mais véus de renda ou votos,
Não há mais "És a única", porque tudo isso acabou agora,
Esta é a última canção que eu escreverei para ti.

segunda-feira, 21 de abril de 2014

Sem título (((d-_-b)))

Nesse mundo de novidades, não achei nada novo
Não achei nada puro
Talvez eu seja apenas um idealista tolo para assumir a verdade
Poderia ser fato, função e ter forma
Que o amor poderia ser um verbo
Talvez eu seja um pouco desinformado

Como a lua de sangue levanta os nossos olhares e as brechas do asfalto das auto-estradas suspiram
Deixe que as minhas dores e sonhos tomem conta da maré e da névoa
Minha mente continua girando em longos e elípticos círculos em nossos céus esta noite
Deixe que os caminhões que ainda trafegam levando e trazendo a esperança em minhas veias rodem por vontade dos Anjos
Talvez minha estrela esteja unanimemente cansada.

Deixe que as guerras comecem e terminem, deixe minha força desbastar seu exército.
Deixe os meus dedos racharem de tanto tocar este violão velho ou digitar minhas dores e amores, deixe o meu mundo desmoronar e faça morada nas ruínas.
Treine a despedida e ausência e me pregue a última faca pelas minhas costas.
Deixe que isso comece está noite
Quando e enquanto meu mundo explode, quando minhas estrelas tocam, colidem e despencam ao chão
Caindo como satélites quebrados.

Mais deixe que o seu amor seja forte, e eu não me importo com o que acontece
Deixe que o seu amor seja forte o bastante para agüentar um temporal a atemporal.
Um aplauso estrondoso e furioso como se tivesse roubando a sua chama vital a partir do céu
Mas lembre, tudo o que eu sou está pendurado, todo o meu mundo descansa em seu amor.

Síndrome de Estocolmo (((d-_-b)))

Este é a primeira (coisa da qual me lembro)
Agora é a última (coisa que resta em minha mente)
Medo do escuro (você me ouve sussurrando?)
Um coração vazio (substituído com  paranóia)
Aonde nós vamos (a vida é temporária)
Depois que nós tivermos ido? (como resoluções de ano novo)
Porque isso é difícil? (você me  reconhece?)
Eu sei que eu estou errado (mas eu não consigo deixar de acreditar)
Eu estou tão perdido
Eu mal estou aqui
Eu queria poder me explicar
Mas as palavras escapam
É muito tarde
Para me salvar
Você está muito atrasada

Você está fria com o desapontamento
Enquanto eu me afogo no quarto ao lado
A última vítima contagiosa desta praga entre nós
Eu estou doente com a apreensão
Eu sou aleijado de exaustão
E eu temo o momento em que você finalmente vem para me matar

Este é a primeira (coisa da qual me lembro)
Agora é a última (coisa que resta em minha mente)
Medo do escuro (você me ouve sussurrando?)
Um coração vazio (substituído com  paranóia)
Aonde nós vamos (a vida é temporária)
Depois que nós tivermos ido? (como resoluções de ano novo)
Porque isso é difícil? (você me  reconhece?)
Eu sei que eu estou errado (mas eu não consigo deixar de acreditar)

Change (((d-_-b)))

Nada parece o mesmo , nem nos parecemos os mesmos,
E debaixo das peles, nem só as palavras mudaram, mas todas as promessas.
Ao longo dos anos quanto de mim perdi?
Quanto de você ainda existe?
Hoje vivo empilhando blocos para construir uma fortaleza ainda maior para tentar salvar a mim mesmo de qualquer suspiro fugaz que me roube a paz.

Enquanto isso você me cobra achando que tudo isso fácil como descartar uma folha de papel.
E eu me pergunto: Eu posso fazer isto?
Eu não posso fazer isto?

Tento retornar ao meu Norte novamente
Todo o mundo tem que conversar, são milhões de preocupados com o meu bem, mas no fim será que eles ligam para como. Ou apenas com o quem?
Então te peço se você não tem nada inteligente a dizer, não diga nada!
Porque quando eu falo algo que acho necessário ninguém está te escutando mesmo.

O que você quer aqui?
Se não se importa!
Eu acho que não pode ser feito sem você!
O que você está fazendo?
É realmente não importa mais!
Mas tudo o que era feito era sobre você
E agora para onde estou indo mesmo?
Já que sempre no fim acabando estando sem você.
Não me fale ou cobre presença
É sempre o mesmo assunto mais ou menos sobre você.
E como estão os processos que depois dr inciados não podem mais ser parados?
Eles
Estão indo sem você

Não adianta me convencer ou convencermos um ao outro que nada mudou.
Quem erra ou errou em primeiro lugar?
Filosofia barata para você, um descoberta vital para mim.
Não adianta apenas apontar o final, sem conhecer o que nos levou ate aqui.
Ninguém mais jamais agirá igual!
E o nosso teatrinho de marionetes
Segue com a adaptação para o palco
E feira de vaidades está acontecendo agora
Para mera formalidade e a sua proteção todos os nomes, datas e locais foram mudados.

Mais não se preocupa a cara pulsa sempre nos servira

Eu posso falar isto?
Eu não posso falar isto?
Que se dane.
Eu que estou sem você!

quinta-feira, 17 de abril de 2014

(((d-_-b)))

A vida depois da treva
Muitos dias se passaram desde da última vez que vi o seu rosto.
Será que eu visito você a noite em seus sonhos?
Durante o dia nas suas lembranças?
Será que eu persigo sua vida, como você perseguiu a minha?
E será que você você me vê quando olha pra ele?
Se nos temos almas, estas são feitas do amor que compartilhamos.
Que não diminui com o tempo, e que não se perde com a morte.

segunda-feira, 14 de abril de 2014

The Whisper Song (((d-_-b)))

Eu não quero ser adorado
Não quero ser o primeiro da fila
Ou me fazer de seu dono
Eu gostaria de trazer uma pequena luz
Brilhar uma luz em sua vida
Fazer você se sentir amada

Não, eu não quero ser o único que você conhece e ou fala
Eu quero sim, ser o lugar que você chama de lar
O seu único e doce lar

Lutar juntos?
Sim. Eu me disponho
Para fazer isto assim, mas você não quer saber.
Eu dou muito mais
Do que eu jamais pediria

Você me verá no fim
Ou isto é só uma perda de tempo?
Tentar ser seu amigo, seu amor, ser seu
Apenas, brilhe, brilha, brilhe.
Brilhe uma pequena luz
Brilhe uma luz em minha vida
Esquente-me e faça me passível de ter fé novamente

Tola, eu me pergunto se você realmente se conhece.
Você sabe que poderia ser tão simples

Eu me disponho
Para esperar isto sim, mas você parece não querer saber.
Eu lhe dou muito mais
Do que eu jamais pediria

Diga uma palavra ou duas para iluminar o meu dia
Você acha que poderia ser tudo à sua maneira

Eu me disponho
Para fazer isto assim, mas você não quer saber.
Você toma muito mais
Do que eu jamais pediria

segunda-feira, 7 de abril de 2014

But Maybe It's You That Can Fix It (((d-_-b)))


Minha mão percorrendo seu corpo através deste vestido.
Você olha para os lados caçando pontos para não olhar direto em meus olhos, buscando qualquer coisa até o seu relógio.
Como são fortes as lembranças da falta de sono. Das noites gritando ou com ânsia que você teve.
Devo confessar, estou com medo de sugerir o que eu sinto por medo de que você vai resistir.

Bem ... Venha comigo para casa.
Não ficar sozinho.
Diga que você não vai ficar sem mim.
Meu tempo está acabando.
Mas ainda há muito a ser dito.

Talvez eu estou morto
Talvez eu tenha medo do amor

Sua mão no meu pescoço
Sua palavras fazendo minha cabeça entrar numa louca disparada
Discutimos nossas separações
E temos resistir ao desejo de beijar
Eu posso citar e nomear diversas boas razões para eu ter medo de cometer o erro de me entregar cegamente ao amor.
Mas talvez seja você que pode corrigi-lo

Então ... Venha comigo para casa (que mal conhece)
Não ficar sozinho (o outro assim ...)
Diga que você não vai ficar sem mim (é melhor eu ir ou eu poderia ficar)
Eles estão fechando (tenho alguns arrependimentos)
Mas ainda há muito a ser dito

Talvez eu esteja morto,
Talvez eu tenha medo do amor
Mas você pode ser apenas o suficiente e a diferença
Vamos abrir as cortinas e deixar vir a luz
Então nós temos, mas as horas da noite?
E isso é certo ou errado (quem pode nos acusar)
Está tudo bem, está tudo nada bem

Eu como você, não posso confiar em ninguém
Por que eu já dei tudo e o que recebi sentir as espadas da solidão
Mas essas foram arrancadas causando tamanha dor, e as cicatrizes estão todas aqui para me lembrar, que os vultos e vozes que chegam devagar são piores do que serpentes.
Eu como você não posso confiar em ninguém,
Talvez você esteja aqui para me trazer fé.
Bem, fé ou não, basta dizer que você vai ficar.
Que vai ser cúmplice e tudo topar sem pensar sem retaliar ou esperar nada em troca.

Talvez eu esteja vivo,
Talvez eu perca o medo do amor
Você pode ser o suficiente
Deixo vir a luz
Então nós nos temos, sem contar as horas do dia ou da noite
E isso é o certo!
Talvez!

Sua oração, meu perdão
Sua vida corrida, meu jeito agitado
Discutimos nossas decepções
O carinho do cuidado, o ódio ao se sentir transparente.
Todos temos uma boa razão para ter medo
Mas talvez possamos corrigi-los.

Take Me Out Of Your Mind. (((d-_-b)))

Você não pode jogar ou se fazer de inocente o tempo todo, eu já sei o que azedou cada beijo e nos corroeu até o final.
Por favor, eu tenho que saber exatamente em que ponto este sonho de ter uma vida, se tornou esse pesadelo.
Então diga o que gostaria de compartilhar.
O amor foi substituído pelas paranóia futuras e traumas passados.
Meu coração. Ele foi o único que me fez adivinhar e confiar em minha intuição.
Oh meu bem, você está apenas sendo honesta com seu coração?
... Bem, por que você não seria honesta com os meus, alardeando aos quatros cantos do mundo que senti minha falta.
Enquanto eu estou aqui preso feito um bobo, uma simples presa, no meio da sua teia.

Vá embora da minha mente. Essa falácia de você sussurrando meu nome baixinho como se fosse uma melodia me deixa sem forças para lutar e me afastar

Nós sempre falamos de esperança.
Mas me diz para que? Por quê quando eu estou fora da sua estrada ou das suas linhas, você quer me trancar em casa.
Ou será apenas que você ama a presença? E não ah mim?
Oh meu bem, você reafirmar que eu que sou o seu único? O único a sofrer com essa loucura desenfreada?.
Que engraçado! A distância que não poderia ficar no caminho da nossa vida, a que faria tudo destruir, parece agora ser a única que nos sustenta e nos mantém ...Minha sombra continua a sussurrar presságios no meu ouvido que tinha uma data de expiração, e quantas vezes eu te disse isso!
E a partir deste pressentimento que eu tinha, eu nunca poderia escapar do fim.

Eu não posso mais deixá-lá na minha cama.
Pois suas respirações mesmo que sejam cada vez mais e mais rasas me mantém sendo puxado para mais perto de você, com cada inspiração sua eu sou sugado para a direita e esquerda e cada vez mais para dentro.
E isso me mata a cada dia mais.
Porquê enquanto você estiver ao lado meu.
Eu não posso parar de olhar e silenciosamente assistir enquanto você dorme...
Sua beleza apenas rivalizando com o desapego das palavras que bombardeiam aos seus ouvidos, enquanto você apenas nada fala.

Então fale comigo. Apenas grite comigo. Ame comigo.

Mas ... quando as palavras não vêm, você me joga dentro deste seu jogo idiota. E assim quando o fim chegar como eu vou saber?

Então por tudo isso apenas!
Leve-me para fora de sua mente, pois eu estou te botando para fora do meu coração. E toda essa falácia de você sussurrando meu nome baixinho como se fosse uma melodia me deixava sem forças para lutar e me afastar.
Diga-me com suas próprias palavras verdadeiras que eu mereço isso ...

domingo, 6 de abril de 2014

A Real Lie (((d-_-b)))



A verdadeira mentira é negar se a ser quem realmente somos.

Omitir mentir ocultar quem somos quando estamos despidos de nossas máscaras do dia do dia, dos personagens que interpretamos pelos mais diversos motivos nos nossos dias que sucedem.

Não estou falando de fingir ser quem somos, mas sim daqueles zilhões de coisas que pensamos e não dizemos por respeito ou outros tantos infinitos motivos.

Quem no seu âmago é totalmente perfeito? Me diz quem é realmente 100% correto?

O mundo se acostumou e te cobra atitudes plásticas, audívelmente perfeitas.

E costuma abominar quem se assume como é e diz realmente o que e quem quer.

Nos rotulam por escolhas que muitos já fizeram e fazem e ou farão por puro gosto de apontar, desprezo esse falso moralismo brega e hipócrita, que nos tentam empurrar, seguindo a lógica que uma mentira contada muitas vezes se torna uma verdade.

Ninguém pode te classificar por cor raça credo ou opção sexual. Com o intuito maldito de se sentir um ou uma dona da verdade absoluta. Afinal a sua verdade pode ser a minha mentira e ou o contrario perfeito, perfeição essa que é outro engodo para enganar e aplacar massas.

Eu sou realmente muito diferente, faço questão de andar na contra mão quando assim me é conveniente, não me enquadro em manadas ou matilhas só para me sentir acolhido por uma massa que muitas vezes é tola e se alimenta do inexistente para seguir.

Não sigo moldes ou modas ou modelos. Sou assim e fica e lê e fala quem quer.

Aos incomodados a porta da casa sempre será a serventia gratuita da casa.

Então me diz. Quem você realmente é despido de todos os seus medos egos e centrismos.

Qual a sua real mentira?