Welcome to the land of questions

A Arte De Reinventar - Ajuste Suas Antenas

"já me sinto feliz se as palavras tocam ou te fazem pensar nem que seja por 1 segundo apenas, isso mostra que a mensagem foi lançada ao mar numa garrafa e chegou onde deveria chegar no coração de alguém que entendeu essa loucura que é o amor "
"Palavras que queimam na minha boca, Derreterão dentro de seus ouvidos"

sábado, 17 de dezembro de 2011

+OU- Para Mim Tanto Faz (((d-_-b)))

Tenho a idade, a personalidade e o status que eu bem entender
O suficiente pra mim, o bastante pra você
E você quer meu CPF RG
É que não sigo manual, nem guia
Do que deve acontecer
Do que se deve fazer

Se já ta tarde
Se ainda é cedo
Se tenho saco
Se tenho medo

Por que você ainda quer saber
Como devo pensar
O quanto devo durar
Ou se preciso casar para amar

Tenho o status que eu quiser
Tenho o tempo que vier
Tenho até a cara que você me der
Perfeito, refeito
Bom proveito
Escolha o meu defeito e me dê

Quantas frustrações acumuladas
Doenças
Quantas porradas
Quantas patas quebradas
Namoradas

Se tô acabado
Bem conservado
Responsável
Ou fracassado

Tenho impeto que eu quiser
Tenho o tempo que vier
Tenho até a cara que você me der
Refeito, mais que perfeito
Bom proveito
Escolha uma qualidade no menu que você vê

Se é a idade ou status ou posses que decidem
Se resolve e proíbe
Se é culpa do tempo
Lamento...

(((d-_-b)))

Fecho as portas
Olhos e sentidos se perderam
Espelho que reflete pouco
Vem você e
Na boca o gosto do dizer
Da janela ficam espiando
E é só sufocar um pouco
Dão valor pro ar

Eu disse como vai você
Eu disse, lembro de você...

Talvez seja o início de uma fase
Que ainda não aconteceu
Um sopro no vazio da vida
Quem ainda não vive
Como queria, como teria?
O que dirá divagando "devagar e sempre"
Indo pra algum lugar...

Talvez seja o inicio de uma fila
Caso eu canse, guarde meu lugar
A sonora presença debochada de
Seu jeito me move
Como sentia, cometeria
O absurdo abstrato tá na sua mente
Justo onde deve estar

Além Do Rótulo (((d-_-b)))





Você me quer bem
Quando eu tô legal
Te incomoda porque
Me faz bem
Pra jogar na cara
O que acabou de fazer

Me deprime, me derruba
E depois reza por mim
E o meu crime, apagar as velas antes do fim

Você começa esse jogo chato e eu acabo
Manda seu Boeing na torre, não desabo
Desfila sua vida cor-de-rosa e eu caso
com o diabo...

Você não me conhece
Mas me ama pra sempre porque e quando te convém
Desaparece
Se pinta outro atalho eletricidade
Não sou mais ninguém

Me deprime, me derruba
E depois ora reza e medita por mim
E o meu crime, apagar as velas antes do fim

Você começa esse jogo chato e eu acabo
Manda seu Boeing na torre, não desabo
Desfila sua vida cor-de-rosa e eu caso
com o diabo...

Na sua ironia burra, dou cabo
Meu bem, nem tô passando pires, nem babo
Enfia sua vida cor de rosa no rabo do diabo ...

Quem nunca confere o que pode estar além...
Quem com o ferro não fere,
será ferido também!

Você não me conhece...

Contra o Sol (((d-_-b)))


Preso nos seus olhos sem amor
Solto nessas mãos em aflição
Não me peça tantas desculpas
Não quero seus truques, quero seu sangue
Suas mãos vazias, mas inteiras

Perco-me no abraço sob a luz
Paro a face dura contra o sol
Não te peço tanta certeza
Embora eu queira tudo o que sinto
Espero...

Lento com seus lábios sem calor
Pálido das noites sem parar
Não me escreva versos sem vida
Se já não leio meus inimigos
Discretos...

Rindo dessa frágil promessa
Finjo que meu riso me acalma
Deito a noite escura e faço festa
Tentando não me ver perder
Aquilo que eu já sei escapa

(((d-_-b)))

Mas ele se sente só
Quando a noite cai
E quando vem o vazio
Ele nem sabe pra onde vai
Mas ele se sente só
Quando a manhã vem
Nunca está sozinho
Mas não quer olhar pra cara de ninguém

She Says Yes To Me And I Says Yes She (((d-_-b)))

Você chegou assim tão distraída
E me pegou pelos pés
E eu me senti sem querer mais forte
Eu te descobrindo a cada história da noite
As suas mãos que consertam
A minha voz desafia o seu sonho
No mesmo dia
Eu já sabia o que não imaginava
Agora penso nos nossos planos
Pra aumentar o tempo que já nos faltava

Já perdi o medo de ganhar
Pra quem já se acostumou com a derrota
E se alimentou do medo da sorte
Os meus dias agora passam sem que eu me esqueça
Que vou te ouvir no final
E aliviar qualquer indício de tristeza

Vem, você melhora minha vida
Meu universo cheio de vampiros
Agora posso esquecer as diferenças
E mergulhar nesse mar de espinhos
Toda flor tem o seu passo pra morte
Mas o que você me faz me dando todos os sinais
De que agora eu acertei
Toda flor tem o seu passo pra morte
Mas o que você me faz me dando todos os sinais
De que agora eu te encontrei