Welcome to the land of questions

A Arte De Reinventar - Ajuste Suas Antenas

"já me sinto feliz se as palavras tocam ou te fazem pensar nem que seja por 1 segundo apenas, isso mostra que a mensagem foi lançada ao mar numa garrafa e chegou onde deveria chegar no coração de alguém que entendeu essa loucura que é o amor "
"Palavras que queimam na minha boca, Derreterão dentro de seus ouvidos"

sábado, 6 de novembro de 2010

36/² (((d-_-b)))

Ele quer ver mas não sai sabendo que você está lá do lado de fora
Ela quer a ele amar mas está negando tudo que pode
Eles fingem tudo, eles brigam por tudo
Ele quer ouvir mas há tanto queimando sua garganta a ser dito
Ela quer gritar bem alto mas não abre a boca
Eles querem um ao outro mas não saem de ensaios
Sobre a cegueira ou teses a respeito da monotonia da segurança
Da distância própria do dia a dia.

Há pranto suficiente para que os dois lados se digam certos
Mesmo sabendo que todos erram
Quando ela está feliz abre-se o sol escondido no seu sorriso
Quando ele está triste vem a chuva dos céus para lavar sua dor
Há perguntas difíceis suficientes
O que terá sido de todos os sonhos que tiveram juntos um dia?
Estarão eles em um outro lugar?
Se realizaram eles com outras pessoas?
Sentiram o mesmo calor e todo amor,
Que sentiram um pelo outro, com meros coadjuvantes?

E ao se verem as perguntam continuam:
Você lembra o modo como nos sentíamos?
Nós correríamos tão rápido e tão longe quanto desejássemos
Mas então as paredes se fecharam em volta, nos jogando neste labirinto que é vida
Nós estávamos tem perto a um passo à frente da eternidade
Mas voltamos dois passos atrás do vazio que sentíamos antes de nos encontrar
Dois passos à frente, três passos atrás
Isso tudo ainda doi demais
Então segure minha mão e vamos pular este canyon que nos separa juntos

Baby,eu não te deixarei do lado de fora do meu coração
Juntos,nós podemos, yes we can
Você e eu lado a lado sem mais ninguém

Reflita sua luz em mim e eu refletirei minha luz em você

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado Pelo Comentário